Inicio » , , , , » Chapada dos Veadeiros: 3 dias na simples e agitada Vila de São Jorge

Chapada dos Veadeiros: 3 dias na simples e agitada Vila de São Jorge

A vila, que nem asfalto tem, é ponto de partida para o Parque Nacional


A pequena vila de São Jorge localizada a cerca de 266 km de Brasília e 36 km de Alto Paraíso de Goiás é um lugar que ainda não perdeu o encanto de interior, mesmo sendo um lugar de grande fluxo de turistas por causa das belas atrações naturais. As ruas do lugar ainda são de terra e tudo é bem simples. É possível dar uma volta e conhecer tudo na vila andando, em alguns minutos. A Vila de São Jorge é um local simples mas que concentra o agito da região, com bares que viram a noite com pessoas tocando e cantando.

Final de tarde em São Jorge


INFORMAÇÕES DA VILA

Começou a ser povoada em 1912 por garimpeiros de cristal quartzo que foram formando assim um grande acampamento. A região chegou a ter mais de 3000 homens trabalhando na extração de cristal. A invenção do quartzo sintético desvalorizou o cristal. Aos poucos as belezas naturais foram sendo descobertas e, com isso, seu potencial turístico até a criação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

A estrada possui ciclovia sinalizada e uma paisagem incrível


A estrada que liga Alto Paraíso a São Jorge é asfaltada e possui uma boa ciclovia que facilita a vida de quem pretende percorrer as atrações de bike. Na rua principal da vila existe o único mercado da cidade, além de uma padaria, farmácia, algumas lojinhas e bares e restaurantes bem rústicos.

São Jorge ainda conserva um estilo diferente das cidades civilizadas


ONDE FICAR?

As hospedagens na vila são simples, mas tem para todo tipo de gosto. Para quem quer economizar, a melhor pedida são os campings, que custam em torno de R$ 25 por pessoa. Eu escolhi e recomendo o Camping Quarto Crescente (61 8223-3445 / 62 9902-6845) por causa de sua localização. Ele fica numa rua tranquila, atrás do Centro de Atendimento ao Turista e bem perto de tudo. Possui todos os itens que um camping precisa para se ter conforto, como cozinha e banho quente, e ainda tem wi-fi.

Bela pintura colossal na parede do camping


COMES E BEBES

Existem bares e restaurantes bem animados espalhados pela vila, como o Santo Cerrado que tem música ao vivo, mas o lugar que considero o "point" da culinária é nos arredores da igrejinha de São Jorge (isso, do santo). Dentre eles a minha recomendação fica para o Restaurante Buriti´s. O lugar é uma espécie de Spoleto rústico. Por apenas R$ 16, o cliente escolhe o molho, os ingredientes e a massa. Detalhe positivo: além de ser bom e barato, ainda pode repetir uma vez! É de se comer até ficar cheio.

Bons restaurantes nos arredores da igrejinha


Um "Spoleto" genérico BBB: bom, bonito e barato!


AS PRINCIPAIS ATRAÇÕES EM 3 DIAS

Assim como nas principais cidades da Chapada, na rua principal de São Jorge está CAT (Centro de Atendimento ao Turista) onde é possível se informar sobre todas as atrações e ainda pegar um mapa da vila e da região. Funciona de quarta a domingo, de 8h às 12h e de 16h às 20h, nos feriados até 21h. telefone (62) 3455-1090.

Além do Parque Nacional (a principal atração), a partir da estrada se chega nas demais, todas formadas por bonitas cachoeiras ou poços, seja na direção de Alto Paraíso ou na estrada oposta, para Colinas, e são indicadas por placas. Para cada uma delas, os proprietários cobram uma taxa de ingresso. Algumas atrações de São Jorge são: Cachoeira Raizama, Cachoeira Morada do Sol, Águas Termais, Cachoeira do Abismo e Mirante. Porém, as mais interessantes e bonitas na minha opinião, para serem vistas em 3 dias, são as seguintes:


DIA 1


JARDIM DE MAYTREA

Na estrada que vai de Alto Paraíso a São Jorge está o Jardim de Maytrea, do lado direito da estrada e seu mirante é sinalizado com uma placa. Maytrea é um termo, que significa aquele que dominou as Três Mayas, ou as Três Ilusões, ou os Três Mundos, o Mundo Físico, o Mundo Psíquico e o Mundo Espiritual. Este termo utilizado por sociedades esotéricas tem um sentido parecido com "messias", "iluminado" ou "desperto" em algumas religiões.

O Jardim de Maytrea pode ser observado num mirante à beira da estrada 


Essa magnífica paisagem se encontra na área do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros


VALE DA LUA

Fica a 10 km de São Jorge, na direção de Alto Paraíso. O formato das pedras é impressionante, uma das principais atrações da Chapada dos Veadeiros, e uma das mais exóticas do Brasil. Visitei este local no dia de ida para São Jorge, ainda no caminho, antes de chegar na vila. Para ler todo o relato com detalhes sobre o Vale da Lua, acesse o post O incrível Vale da Lua.

Um cenário diferente de tudo que você imagina


DIA 2


PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DOS VEADEIROS

A principal atração de São Jorge é o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros em que é possível ir caminhando por apenas 1 km. São no total 4 trilhas: A trilha da Seriema, a mais tranquila com apenas 800 metros, a Trilha dos Saltos, cujas cachoeiras 120 e 80 são as principais, a Trilha dos Cânions, com paisagens de cachoeiras e cânions de pedra, e a Trilha das Sete Quedas, que consiste numa travessia de 23 km, mas só está aberta na temporada de seca (maio a outubro). Em 2001, o Parque Nacional ganha da UNESCO do título de Patrimônio Mundial Natural.

O Salto 80 é uma das atrações mais belas do Parque


As trilhas dos Saltos e dos Cânios, se feitas de uma vez, tem 20 km (ida e volta) aproximadamente e o ideal é fazer uma por dia. Eu fiz as duas num dia só porque eu tinha pouco tempo de viagem. O parque é muito bem cuidado e organizado, me surpreendeu bastante, principalmente pelo fato de não cobrar nenhuma taxa, a entrada é totalmente grátis!  Saiba tudo sobre o Parque no post O Parque Nacional e suas maravilhas.

Uma das paisagens da Trilha dos Cânios


DIA 3


CACHOEIRA DO SEGREDO

O início da trilha fica a 12 km por estrada de terra a partir de São Jorge, na direção de Colinas. É um trekking de um dia inteiro por uma trilha que cruza fazendas, rios e matas fechadas. A cachoeira é uma das mais bonitas da região da Chapada. Confira o relato detalhado desta trilha no post Descobrindo a Cachoeira do Segredo.

Um paraíso que se mantém em segredo para a maioria dos turistas


MEU ROTEIRO

Anterior: COMO PLANEJAR A VIAGEM?

Roteiro completo: CHAPADA DOS VEADEIROS

Próximo: VALE DA LUA


Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Leia Também

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações