Inicio » , , , , » Grécia: Porto de Piraeus, a ligação Atenas x ilhas gregas

Grécia: Porto de Piraeus, a ligação Atenas x ilhas gregas

Um lugar que faz parte da história de Atenas e até hoje funciona a pleno vapor


Piraeus, Pireus, Pireu ou Pireas, não importa, o que interessa é que este é o principal porto que liga Atenas às ilhas gregas. Para quem planeja conhecer as ilhas, outra opção seria ir de avião, que é melhor ainda, se a passagem for comprada com antecedência sai pelo mesmo preço das passagens de ferry boat. Mas para quem não planejou com antecedência ou prefere viajar com maior flexibilidade, com certeza vai embarcar neste porto.


COMO CHEGAR?

O principal porto de Atenas pertence ao município vizinho de Piraeus e fica a 12 Km do centro. Para chegar lá de carro, basta seguir as placas em Atenas e não é difícil encontrar vaga para estacionar (grátis) no porto. Outras opções de transporte:

Aeroporto x Piraeus: a primeira oportunidade de chegar no porto é a partir do Aeroporto de Atenas (Eleftherios Venizelos). Do terminal de desembarque sai o Ônibus X96 que custa 5 euros e o traslado é de 90 minutos;

Metrô: A estação Piraeus é o ponto final da Linha 1 (verde), a mesma que passa em Monastiraki, em Atenas. Para usar o metrô deve-se validar o bilhete antes do embarque e guardá-lo para conferência. O funcionamento costuma ser das 5:30 às 24:00 h;

Trem: Também existe trem da estação de Larissa, em Atenas, até o porto. A estação de Piraeus fica ao lado da estação de metrô;

Táxi: O traslado de táxi demora de 10 a 20 min desde o centro de Atenas. O custo é de 15 euros em média.

Seguindo as placas até o porto


ONTEM E HOJE

O porto de Falero era o principal porto que servia Atenas, até que Temístocles planejou transformar o porto de Piraeus para comportar o maior porto da Grécia. Em tempos de guerra, foi construída uma longa muralha para ligar o porto a Atenas, tinha a distância de "quarenta estádios" segundo a antiga unidade de medida. Naquela época a capacidade do porto era de 400 navios.

A muralha que protegia a cidade (431 a.C.)


Igreja Ortodoxa em Piraeus


Hoje em dia o porto de Piraeus é o principal porto da Grécia, considerado o maior porto de passageiros na Europa e o terceiro maior do mundo, servindo cerca de 20 milhões de passageiros anualmente.

O porto moderno Piraeus, palavra que significa "lugar sobre a passagem"


COMO EMBARCAR PARA AS ILHAS GREGAS?

O transporte para as ilhas é feito através de ferry boats cujo ticket pode ser comprado pela internet. As empresas com preços mais em conta para Mykonos e Santorini são a Seajet e a Hellenic Seaways. Os quiosques para a compra da passagem no local ficam localizados no final do Portão 8E e início do 9E. Mesmo para as comprar antecipadas pela internet, é preciso trocar o voucher antes do embarque, isso pode ser feito nos quiosques ou nas lojas das empresas de ferry em Atenas.

Quiosques próximos do portão 9E


Bilhetinho bem humorado informando a hora de funcionamento "see you tomorrow morning..."


Também existem diversos sites de busca de ferry comparando as diversas empresas, como por exemplo Go Ferry, Greece Ferries, Greek Ferries, Paleologos S.A., etc.

Ferry Seajet 2 ancorado no porto do portão 9E


MEU ROTEIRO

Anterior: MARATONA

Roteiro completo: MISSÃO GRÉCIA

Próximo: MYKONOS


Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Leia Também

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações