Grécia: Oia, o cartão postal de Santorini

Considerado um dos espetáculos de pôr-do-sol mais bonitos do mundo


Sabe quando você vê uma foto de Santorini estampada num cartão postal ou numa reportagem de internet? Pois é, você está vendo o vilarejo de Oia. É pronunciada como "EE-ah" e não "OY-ah" e também escrito "Ia". Era anteriormente conhecido como Apano Meria ("lado de cima"), derivou para Pano Meria e acabou se tornando Oia. Este foi um dos dois portos de Thera antiga.


COMO  CHEGAR?

No terminal rodoviário de Santorini, localizado no centro de Fira, existe horários regulares de ônibus até Oia. O custo da passagem é de 1,60 euros e o deslocamento uns 25 minutos.

Tabela de horários (ida e volta) para Oia


EM CADA CANTO, ALGO MARCANTE

Oia é uma das cidades de Santorini mais caras por ser extremamente turística. Sugiro ficar hospedado em Fira que fica perto de tudo (porto dos ferries, porto antigo, terminal rodoviário, supermercado Carrefour, museus, etc) e se deslocar para Oia de ônibus.

As casinhas brancas e igrejas de teto azul são característicos


A cidade é cheia de ruazinhas estreitas em que só passam pedestres. Já foi atingida por um terremoto, mas foi reconstruída mais tarde, sempre preservando sua arquitetura famosa mundialmente em filmes e até novelas. Inspirou a construção da Casapueblo do artista Vilaró, em Punta Balena, Uruguai.

Um terremoto de escala 7.8 atingiu o vilarejo em 1956 e causou danos consideráveis


Casapueblo, a 15 Km de Punta del Leste no Uruguai


Lá existem muitas lojinhas que vendem artesanato, jóias, produtos agrícolas, como mel, vinho, alcaparras e favas, e lembranças. Ainda existem várias galerias de arte pequenas. A cidade também possui numerosas igrejas restauradas, incluindo a igreja Panagia. Algumas igrejinhas foram construídas em memória dos marinheiros.

Ruas estreitas, casas, restaurantes e igrejas, tudo branco


Lojas dos mais variados produtos


Uma das construções mais características da cidade é um velho moinho, que muitas vezes aparece em cartões postais.  Vale a pena se perder nas ruazinhas até chegar até chegar lá e fotografa-lo.

Moinho de vento de Oia


Um dos pontos mais interessantes de Oia é o castelo em ruínas que foi a propriedade da família Argyri na época do domínio veneziano e serve como um mirante com uma visão completa de 360 ​​graus. É também chamado de Fort Londsa. Lá é o principal ponto de encontro para assistir o espetáculo do pôr-do-sol. As pessoas se aglomeram como na pirâmide de São Thomé das Letras (quem já foi sabe como é!).

Ruínas do Fort Londsa ao fundo


Este é um dos melhores lugares públicos para assistir o pôr-do-sol


O PÔR-DO-SOL

Uma das atrações mais populares na cidade é assistir o pôr-do-sol, um evento especial em todos os fins de tarde de Oia. Não tem como ir a Santorini e não fazer isso. A cidade fica cheia para o espetáculo, quando as casas brancas e a caldeira vulcânica são iluminadas pelas cores do sol poente por alguns segundos.

A tarde começa a cair e o show vai começar


O reflexo da luz nas águas do Mar Egeu


Fui até as ruínas do Fort Londsa para pegar um bom lugar para assistir o sol se pondo. Se chegar em cima da hora não se acha lugar pela quantidade de gente que se amontoa lá. A área até que tem um bom espaço, uma área de mirante, mas não é qualquer canto que se pode ter a vista livre de obstáculos para assistir e fotografar. 

Mirante na área do Fort Londsa considerado o melhor ponto para assistir o show


O pôr-do-sol em Oia é considerado um dos mais bonitos do mundo, apesar de ser algo difícil de se medir. Até eu que estava acostumado com São Thomé das Letras fiquei bastante impressionado. As imagens abaixo falam mais do que mil palavras:

Sol e mar, conjunto perfeito no horizonte do Mar Egeu 


Gente do mundo todo apontando suas câmeras para registrar o espetáculo do sol


Um pequeno ponto no oceano sob o sol: um barco


Tem dúvidas que ali também deve ter uma visão perfeita do pôr-do-sol?


O FIM DO SHOW DA NATUREZA

É possível ver a esfera solar até sua última parte exposta, sumindo devagar no horizonte, tudo muito perfeito. Assim que o sol desapareceu, acelerei o passo para pegar o próximo ônibus que já iria sair para Fira. Imaginei que todo aquele povo retornando para o ponto de ônibus daria "overbook". Consegui embarcar logo, mas a empresa não deixou os mais lentos para trás, acionou mais dois carros para levar todos de volta no mesmo horário.

O desenho desse disco solar é digno de adoração como no antigo Egito


MAPA DE OIA

Mapa de Oia (clique para ampliar)


MEU ROTEIRO

Anterior: VULCÃO E HOT SPRINGS

Roteiro completo: MISSÃO GRÉCIA

Próximo: THERA ANTIGA


Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Leia Também

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações