Carrancas-MG: Complexo da Ponte

Uma excepcional natureza mesmo próxima do centro urbano


O complexo da ponte é a atração mais próxima do centro urbano de Carrancas, do tipo que dá para ir andando. São apenas 2 Km seguindo a estrada asfaltada para Itutinga. Ao passar pela placa que sinaliza a passagem pelo Rio Carrancas, é só virar à direita. Logo na entrada da estrada de terra já se encontram 2 pontes próximas. Passando pela ponte da direita se chega no Camping da Ponte e, em frente, está a entrada para a trilha que segue até as cachoeiras do Moinho e Salomão.

O complexo está na parte baixa da foto


Para entrar no complexo que está localizado em propriedade particular, é cobrada uma taxa de R$ 5 por pessoa. Uma dica para fugir da cobrança é entrar bem cedo, em torno e umas 7h00, pois a entrada está livre, sem ninguém cobrando. Outra dica é estar hospedando em alguma pousada cujo terreno tenha acesso às cachoeiras.

Local de cobrança para o acesso às atrações 


Como eu me hospedei na Pousada Além das Formas que possui um terreno particular que tem trilha para as cachoeiras do Complexo da Ponte, acordei cedo e fui explorar a área de pedras acima do rio. Apesar da trilha seguir até lá, pouca gente caminha desde as cachoeiras até ali. Subindo nas pedras é possível contemplar as casas e pousadas isoladas na natureza de Carrancas.

Ao subir as pedras na beira do rio é possível ver paisagens de pintura


Já pensou em morar numa casinha assim?


Ou seria melhor um casarão cercado de natureza e paz?


Nem parece que a cidade está tão próxima


Mesmo num lugar tão isolado, encontrei algo sinistro! Observei um papel em cima de uma rocha com varias pedrinhas em cima como peso. Me aproximei por curiosidade e descobri que se tratava do Jogo Charlie Charlie (!).  O jogo conhecido nas redes sociais por "Charlie Charlie Challenge" (Desafio Charlie Charlie) é como o tradicional "Jogo do Lápis", mas este vem de um antigo ritual mexicano em que os jogadores entram em contato com o espírito de uma criança chamada Charlie. Para mais detalhes pesquise na internet.

Alguém se isolou na mata para entrar em contato com alguma entidade?


Continuando agora o sentido do rio abaixo, seguindo a trilha no sentido inverso do público que entra pela entrada da ponte, fui em direção da Cachoeira do Moinho. A trilha segue beirando o rio pela esquerda e é bem visível. No caminho existem vários poços e mais cenários de paz.

Cada cenário mais bonito que o outro


O rio corre entre pedras 


Piscinas naturais em meio à muito verde também estão pelo caminho


A trilha segue próxima a algumas casas


CACHOEIRA DO SALOMÃO

Conhecida por poucos como Cachoeira Tico-tico, este é o ponto em que o rio cria uma queda. A água que cai segue pela direita o Moinho. O visual é bonito mas só ao descer até sua base que se pode ter real dimensão de sua queda. A trilha agora faz uma curva para a direita e segue o sentido do rio até a Ponte.

Pedras que marcam a chegada por cima da Cachoeira do Salomão


Antes de entrar na direção da Cachoeira do Moinho, segui a trilha até o final chegando no acesso pelo Camping da Ponte onde está o acesso tradicional em que ocorre a cobrança. Pouco antes estão poços naturais que valem a pena uma parada.

Estreitos poços rasos perto da entrada da Ponte


Testando a temperatura da água


Efeito do contraste da água, da rocha e das pequenas folhas caídas


Pedra que parece um grande sapo pronto para saltar na água


CACHOEIRA DO MOINHO

Ao retornar de volta para a pousada, enfim fui conhecer a Cachoeira do Moinho que possui diversas piscinas naturais. A cachoeira tem uma queda considerável e suas águas formam um bonito poço, principalmente às 9h00 quando o sol começa a atingir seus raios. Ficou faltando um mergulho naquelas águas, mas a promessa se mantém para um futuro próximo.

A bela Cachoeira do Moinho


MEU ROTEIRO

Anterior: COMPLEXO DA FUMAÇA

Roteiro completo: CARRANCAS-MG

Próximo: COMPLEXO DA ZILDA

Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Leia Também

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações